Posts Tagged ‘Etapa 2 da Volta’

h1

Etapa 3 – Fundão – Gouveia (164.30KM)

8 de Agosto de 2009

Etapa de extensão de 164,30 Km, que está em plena Serra da Estrela, o que nos leva a pontos de beleza deslumbrante, e ao ponto mais alto de Portugal Continental. Vamos conhecer as cidades que ligam esta Etapa da Volta:

Fundão

Fundão

Fundão

O Fundão é uma cidade portuguesa no Distrito de Castelo Branco, região Centro e subregião da Cova da Beira, com cerca de 8 369 habitantes.

A cidade está localizada no sopé da Serra da Gardunha, no planalto da Cova da Beira, a uma altitude de cerca de 500 metros. É sede de um município com 701,65 km² de área e 31 176 habitantes (2006, subdividido em 31 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios da Covilhã, Belmonte e Sabugal, a leste por Penamacor e Idanha-a-Nova, a sul por Castelo Branco, a sudoeste por Oleiros e a oeste por Pampilhosa da Serra.

A cidade é um centro local importante de comércio, serviços e indústria.O concelho compreende parte das terras mais férteis da região, o grande vale da Cova da Beira, onde passa o Rio Zêzere e as suas numerosas ribeiras afluentes. São feitas grandes produções de cerejas e ginjas, pêssegos, azeite e vinho.

Existem minas de Volfrâmio (mineral do qual se extrai o metal Tungsténio), na Panasqueira, de entre as mais importantes do seu tipo do mundo, também de chumbo e estanho. Existem quantidades de prata e ouro. A sua Água Mineral é das mais vendidas em Portugal.

A saida norte para a Covilhã ao longo da EN 18 desenvolveram-se várias industrias e comercios de interesse até a nivel nacional como a transformação de madeira, granitos, vidro e piscinas. Nesta zona existem vários hotéis, restaurantes e piscinas com interesse turístico.

Fonte: Wikipedia

Gouveia

Gouveia

Gouveia

Gouveia é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito da Guarda, região Centro e subregião da Serra da Estrela, com cerca de 3 759 habitantes.

É sede de um município com 302,49 km² de área e 15 628 habitantes (2006), subdividido em 22 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Fornos de Algodres, a nordeste por Celorico da Beira, a leste pela Guarda, a sueste por Manteigas, a sudoeste por Seia e a noroeste por Mangualde.

Diz-se que Gouveia terá sido povoada pelos Túrdulos no século VI a.C. e, posteriormente pelos Luso-Romanos. A rainha D. Teresa doou-a em couto, no ano de 1125, os freires da Ordem de São João de Jerusalém, radicados no Mosteiro de Águas Santas, na Maia.

D. Sancho I, ao vê-la abandonada, outorgou-lhe foral em 1186 enchendo de privilégios os seus moradores, tentando desta forma assegurar o seu repovoamento.

D. Afonso II renovou-lhe foral em 1217, aumentando-lhe ainda mais as suas ragalias. Recebeu foral novo manuelino em 1510.

Foi senhor de Gouveia D. Manique da Silva, filho dos 4.ºs condes de Portalegre, mordomo-mor de Filipe IV de Espanha, que o fez marquês de Gouveia a 20 de Janeiro de 1625; o 5º marquês deste título, D. José de Mascarenhas, veio a ser o 8º duque de Aveiro tendo morrido executado de um modo cruel em Lisboa a 13 de Janeiro de 1759, e por esse motivo Gouveia foi anexada aos bens da Coroa.

Gouveia foi elevada a cidade por lei de 1 de Fevereiro de 1988.

Fonte: Wikipedia

Etapa 3 Por Joaquim Gomes

A Classificação da Etapa foi:

Classificação Geral da Etapa 3

Após esta etapa ficamos com as seguintes Classificações:

Classificação Geral Individual_Etapa 3

Classificação Montanha_Juventude_Etapa 3

Classificação Pontos_Etapa 3

Classificação Equipas_Etapa 3

Anúncios
h1

Etapa 2 – Idanha-a-Nova – Guarda (175,0KM)

7 de Agosto de 2009

Etapa que  decorre nas Beiras, é uma etapa que tem de extensão 175.0 Km. Vamos conhecer um pouco das 2 cidades que se ligam através desta etapa:

Idanha-a-Nova

Idanha-a-Nova

Idanha-a-Nova

A Idanha-a-Nova é uma vila portuguesa no Distrito de Castelo Branco, região Centro e subregião da Beira Interior Sul, com cerca de 2 500 habitantes.

É sede de um dos maiores municípios de Portugal, com 1 412,73 km² de área e 10 561 habitantes (2006) , subdividido em 17 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Penamacor, a leste e sul pela Espanha e a oeste por Castelo Branco e pelo Fundão.

Fonte: Wikipedia

Guarda

Sé Guarda

Sé Guarda

A Guarda é uma cidade portuguesa, capital do Distrito da Guarda que tem uma população residente de 173 831 habitantes. Situada a 1056 metros de altitude, é a mais alta de Portugal. Situa-se na região centro de Portugal, pertence à sub região estatística da Beira Interior Norte. O núcleo urbano da cidade da Guarda tem 31 224 habitantes.

O concelho da Guarda tem 717,88 km² de área e 44 264 habitantes (2006), subdividido em 55 freguesias. O município é limitado a nordeste pelo município de Pinhel, a leste por Almeida, a sueste pelo Sabugal, a sul por Belmonte e pela Covilhã, a oeste por Manteigas e por Gouveia e a noroeste por Celorico da Beira. Faz parte da Comunidade Urbana das Beiras – ComUrb das Beiras – da qual é capital.

Possui acessos rodoviários importantes como a A25 (considerada a segunda via mais importante de Portugal) que liga Aveiro à fronteira, dando ligação directa a Madrid; a A23 que liga a Guarda a Torres Novas, bem como o IP2 (em fase de construção) que ligará Guarda a Bragança. A nível ferroviário, a Cidade da Guarda possui a Linha da Beira Baixa (em mau estado devido ao desinvestimento por parte da CP) e a linha da Beira alta, que se encontra completamente electrificada permitindo a circulação de comboios regionais, nacionais e internacionais.

É conhecida como a cidade dos 5 Éfes. São eles os de Forte, Farta, Fria, Fiel e Formosa. A explicação destes efes tão adaptados posteriormente a outras cidades é simples:

1. Forte: a torre do castelo, as muralhas e a posição geográfica demonstram a sua força;

2. Farta: devido à riqueza do vale do Mondego;

3. Fria: a proximidade à Serra da Estrela explica este F;

4. Fiel: porque Álvaro Gil Cabral – que foi Alcaide-Mor do Castelo da Guarda e trisavô de Pedro Alvares Cabral – recusou entregar as chaves da cidade ao Rei de Castela durante a crise de 1383-85. Teve ainda Fôlego para combater na batalha de Aljubarrota e tomar assento nas Cortes de 1385 onde elegeu o Mestre de Avis (D. João I) como Rei;

5. Formosa: pela sua natural beleza.

Ainda relativamente ao 4º “F” da Cidade, é sintomática a gárgula voltada em direcção a nascente (ao encontro de Espanha) : um traseiro, em claro tom de desafio e desprezo. É comum ver turistas procurando essa Gárgula específica, recentemente apelidada de “Fiel”.

O ar, historicamente reconhecido pela salubridade e pureza, foi distinguido pela Federação Europeia de Bioclimatismo em 2002, que atribuiu à Guarda o título de primeira “Cidade Bioclimática Ibérica”.

Fonte: Wikipedia

Etapa 2 Por Joaquim Gomes

Após esta primeira Etapa 2, a Segunda etapa em linha desta edição da Volta a Portugal ficamos com as seguintes classificações:

Classificação Geral Individual – Etapa_2

Classificação Montanha e Juventude – Etapa_2

Classificação Por Pontos- Etapa_2

Classificação Equipas – Etapa_2

A Idanha-a-Nova é uma vila portuguesa no Distrito de Castelo Branco, região Centro e subregião da Beira Interior Sul, com cerca de 2 500 habitantes.

É sede de um dos maiores municípios de Portugal, com 1 412,73 km² de área e 10 561 habitantes (2006) [1], subdividido em 17 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Penamacor, a leste e sul pela Espanha e a oeste por Castelo Branco e pelo Fundão.